Seguidores

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

No espelho não me vejo
Vejo o crucifixo
Cristo de braços abertos
Esperando um abraço meu
Mas tenho vergonha de chegar mais perto
Tenho medo desses olhos tão doces, 
tão tristes, 
tão misericordiosos
Porque esse olhar me entra como um punhal no peito
Sou réu inconfesso
Dos pecados que ele não cometeu
De todos os cometidos pecados meus


regina ragazzi
um canto pássaro
um pássaro-chuva
um canto raro que se dissipa
num céu que estr(E)la

regina ragazzi

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

...

A madrugada se acende dentro do quarto
Às duas, às três, às quatro!?
O travesseiro ao lado, quase virgem, está gelado
E tudo em volta em completo mutismo
O chão
O teto
Os móveis
A porta fechada e o crucifixo
O vidro da janela escurecido
Ou os olhos cegos
Ou fechados
Ou já mortos??

Um pio.
Um canto repentino.
Um alívio...

Entra pelas frestas o mundo lá de fora


regina ragazzi

domingo, 1 de janeiro de 2017

Planos, promessas, coisa e tal...


Depois de tantos planos e promessas para o novo ano, bom mesmo é saber que nada mudou, que nada vai mudar só porque é dia primeiro, só porque é janeiro, só porque mudou o ano.
Bom saber que as coisas da gente continuam no mesmo lugar de antes,
que a vida da gente segue adiante, a nossa rotina, nosso cotidiano.
Ninguém consegue mudar a vida num passe de mágica. E é isso que esperamos que aconteça quando fazemos aquela lista enorrmee de coisas que dizemos que vamos colocar em prática, e definitivamente, não executamos nem um terço do que planejamos.
Isso é bom.
Porque mudanças podem ocorrer o tempo inteiro, nossos desejos podem mudar, nossas prioridades podem mudar, aquilo que pensamos que vai melhorar a nossa vida pode não fazer tanta diferença quanto esperamos.
Mudanças são válidas no correr dos dias, de acordo com as necessidades que vão surgindo, com as oportunidades que encontramos pela frente, os desafios que temos que enfrentar, as dificuldades que temos que superar.

Viver um dia de cada vez, e fazer com que ele seja o melhor, o mais produtivo, realizando pequenas coisas que vão se somando e tornando possível a realização de um sonho, de um projeto,de uma conquista.

Só me vejo possível desse jeito.
Querer, quero muita coisa,mas prometer, não prometo nada.
Aliás essa palavra"promessa" não me cabe.
Mas este é outro assunto...


terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Sublimação


Dou-te o azul que não tenho
Dás-me o verde que não tens
Meus olhos impuros
Por tuas negras asas
Teu silêncio causticante
Minhas ríspidas palavras

Joguemos tudo de comer aos leões 

Benzemo-nos 

Meus olhos se pregam nos teus
E o que vejo me enternece
Tua palavra entra pela minha boca 
E adoça minha língua
Tuas asas levam-me

Atravessamos o tempo

Perdemo-nos
Encontramo-nos

No infinito... Inspiração..


regina ragazzi

Em arquivo


Às Cinco...
Meu dia terminou às cinco.Tudo bem, já me acostumei.
Privilégio meu ouvir o galo cantar às três e a passarinhada amanhecer em canto às quatro.
Eu, olhar já meio fora de foco consegui acompanhar a vida azular mais uma vez, num silêncio de vozes que me enlevava
e me levava tão profundo dentro daquele azul e dentro de mim mesmo.
É como se estivesse totalmente desnudo de chão.
Acompanhar aqueles pássaros em voo seria fácil, muito fácil tal a leveza em mim.
Todo o resto ficou tão pequeno e tão sem sentido
Tudo se apagou num repente.
E eu, de repente percebi que havia ainda muita vida em mim.

regina ragazzi

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

...

o tempo rude
avesso ao sol de outras manhãs
o tempo nos cabelos da menina 
nas paredes do quarto
no desbotado cobertor

o tempo( do outro lado da janela)
parece que não mudou
regina ragazzi
a lua anda frígida que só!
com esse desatino de frio
com essa anágua de nuvens 
cobrindo-lhe a líbido

a lua está tonta de dor.
que dó!
regina ragazzi
um silêncio de canto vale mais que uma orquestra desafinada
regina ragazzi

...

sofro de ab(surdez)
que absurdo essa insensatez...
regina ragazzi
..repousar no seio da tarde
embalada por gorjeios e vento
ouvidos afiados ao canto
que a garganta não canta,
que os lábios encenam,
mas apenas...
na pequenez desta boca
não cabe tamanha grandeza

regina ragazzi

...

O tempo, sempre o tempo.
É ele que separa o joio do trigo em nossas lembranças

regina ragazzi

A Consulta

No consultório.
A médica do posto de saúde:
- vamos ver primeiro seu preventivo.
Tá tudo bom, tudo ok
- que bom


- A mamografia também tá boa.
- que bom.
Doutora não sei onde enfiei a ultrassonografia. Ta lá em casa mas eu não achei de jeito nenhum. Tem essa aqui que eu fiz em 2014, cisto de ,8cm lado direito. .
Ela( nem abriu pra olhar)
- Essa não adianta. Tem que ser a recente pra ver como ta agora
,-Ahh,,,ta bom. Vou ver se acho.

- vamos ver o exame de sangue... ah, triglicérides ta ótimo,!
- ah é!?
- colesterol ta um pouco alto mas é só fazer uma dieta, unsexercícios..
Eu( toda animada).
- Já comecei ONTEM.Fiz caminhada, comi salada....
Ela deu um sorriso, mas nem comentou...😮
- HDL muito bom. O HDL reduz o risco de doenças cardíacas.
- ah é? Que ótimo então.
- vc já doou sangue?
- Já , acho que sim. Mas faz muito tempo
- Vc devia pensar em doar.Seu sangue ta ótimo
- É doutora? É quem sabe né?


- Agora vamos ver o raio x do seu joelho
- ta doeendooo,!!!
A cara dela não tava muito boa não. Até agora tava tudo bem. Bastava fazer uns exercícios, uma dietinha e eu podia até doar sangue uai!
- É 😞 vou ter que te encaminhar pra um ortopedista. Se fosse só um pontinho, mas são vários. Eu aqui não vou poder te ajudar.
Você vai lá prá ele ver ,. De repente ele vai indicar uma cirurgia(😱,) ou as vezes uma infiltração,(😵😵)...
- Éééé doutoraaa!???😭
- Se bem que se fosse eu , não faria a cirurgia não...
Silêncio.
- você preenche esse papel aqui, e me devolve que vou marcar sua consulta.E a agente de saúde te avisa a data
- ta bom.
Detalhe. Escrito no tal papel" Sr(a,) usuário, dentro de 30 dias informaremos para quando será agendada sua consulta."
30 dias!???😭😭
Benvinda Osteoartrose!!!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

...

caminhar os olhos na noite
enquanto os pés dormem
cansados de pisar tantos sonhos
os olhos tropessam nuvens
tropessam chuva e vendaval
mas não se rendem à escuridão
sabem-se estrelas