Seguidores

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Sonho noturno

Apenas adormecer
Aconchegada a si mesma
Sonhar sonhos de menina
Visões inocentes de prazer
Descansar em seu próprio colo
Serena(mente)
Nada mais ver ou sentir
Só o bater ritmado do coração
Mergulhado numa doce calma

Profundamente adormecer
Protegida pelo silêncio noturno
Raios de luz entrando
Por uma fresta na janela
Pousando-lhe na delicada pele
Suavizando-lhe a face
Coberta pelas sombras da noite
Envolvendo-lhe todo o corpo
Como a abraçá-la tranqüila
Zelando por seu  repouso

regina ragazzi


6 comentários:

  1. Calmo, sereno e tranquilo..Como é bom dormir assim aconchegada e envolvida a si mesma. Belos sonhos só teu e de mais ninguém.. Belo texto..delicado e profundo. Beijos no teu coração desta amiga. Suzana.

    ResponderExcluir
  2. Um sono assim
    repleto de luar
    e um poema deste
    eu fico é acordado
    de madrugada
    vendo
    os versos passarem

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  3. Tranquilidade de um sono... sensação de leveza e paz.
    Bjinhos xD

    ResponderExcluir
  4. Linda poesia Regina!
    Adoro vim aqui!
    bjos e forte abraços!!

    ResponderExcluir
  5. Que versos tão serenos...

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  6. E as vezes...adormecer é tudo que eu preciso.Beijo

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário. Bj carinhoso