Seguidores

sábado, 12 de janeiro de 2013

Sábia natureza...



Sábia natureza...

Por que flor sem o passarinho!?
Ah... que sentido teria,
ela pendendo no galho
e ele...no ninho!?

regina ragazzi

6 comentários:


  1. O beija-flor
    Voeja
    Sem dor
    Em busca da cor
    Da flor
    Fareja
    Com calor
    A exalação de olor
    Da flor
    Corteja
    Com ardor
    E ósculos de amor
    Que sente
    Pela flor
    Festeja
    Sedutor
    O beija-flor.

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Porque sábia demais a natureza
    Conjuga seus verbos com certeza
    Leva devagarzinho
    À flor o passarinho
    Ambos se completam na beleza.

    ResponderExcluir
  3. Agora ele pendurado
    no ar
    beijando o encarnado
    do seu amor

    Ela voando nas asas
    de suas pétalas
    orvalhando néctares
    de amor

    mui belo poeta

    nestes doces versos
    não sei se queria
    ser o colibri apaixonado

    ou a hibisco vermelha
    alucinada de amor

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  4. Reside aí o problema da distância e da ausência.Realmente , próximos, fica bem melhor! Lindo!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário. Bj carinhoso