Seguidores

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Vida, efêmera vida


Vida, efêmera vida
Tênue fio tecido pelo tempo
Novelo que aos poucos vai crescendo
e sofrendo transformações
Antes tão alvo, hoje cheio de cores
Marcas que lhe foram acrescidas
E tantos nós, cicatrizes, feridas

Vida, tão efêmera vida
Devia ser melhor vivida
Quando  pequena ainda
Era promessa de felicidade
Mas a felicidade foi se
perdendo com a idade

Vida, efêmera vida
Triste, orfã, esquecida
Devia ser melhor vivida
Devia ser melhor vivida ...

regina ragazzi


Um comentário:

  1. O seu blog é fantástico! Ainda não consegui formar uma opinião completa sobre si... Ainda não li tudo, mas do que li, está óptimo!!! Muitos parabéns e, obrigado por partilhar connosco a sua arte!
    Carlos Leite, http://opintordesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário. Bj carinhoso