Seguidores

terça-feira, 24 de abril de 2012

Uma nova paisagem

Seis da manhã...
Sinto minha visão ainda turva
Olhos que acabaram de amanhecer...
Da varanda, avisto a paisagem
Já se desfaz lá fora o véu esfumaçado que veste a montanha,
e os primeiros raios de sol despontam por detrás dela e da mata à sua frente
O céu está límpido


Oito da manhã ...
O sol já não brilha como antes
Uma escura e densa nuvem veste novamente a montanha.
O verde musgo da mata
combina com o frio cinza das rochas e do céu de chuva,
dando um ar nostálgico ao quadro.
Mas não lembra em nada o outono de agora

Um bando de urubus voam em círculos acima dela
e depois se dispersam.
Aqui mais perto, voam quero-queros e desfolham-se
as árvores
Já não há mais o silêncio de antes
Barulhos na construção ao lado,
conversas animadas, portas de carros batendo,
um avião que passa...
Mas ainda há um aconchego gostoso,
uma tranquilidade e uma paz que me descansam
Essa mudança de ares me faz bem ...

Três da tarde...
A chuva não caiu
O sol ainda tenta vencer as nuvens
e vez por outra reflete seus raios nas águas do lago
Ainda olho as montanhas, não canso de admirá-las
Me lembro das que vejo da janela do meu quarto
Montanhas atraem o meu olhar
Existe nelas um mistério que me inquieta
Queria poder decifrá-las
Mas melhor assim, se eu conseguisse
acho que já não sentiria a mesma atração ao olhá-las

"Três e quinze...
Da sala olho a varanda
Há uma criança loira brincando lá fora
A beleza de nenhuma montanha se iguala à dela
Por mais que eu as admire...
Largo o papel e a caneta
Meus olhos são agora todo dela
Vou lá pra fora sentar ao seu lado
Quanto a paisagem... fecho a janela..."

A imagem...gravei só na minha memória...




(Certamente meu texto não terminaria assim, mas quando olhei lá pra fora...rs...não resisti...)








7 comentários:

  1. Que bonito amiga, uma linda poesia!
    Bjinhos no ♥

    ResponderExcluir
  2. Olá Regina,
    Belo poema relatando a poesia do dia que teu olhar bem soube descortinar! Parabéns!! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Estive a ver algumas coisas em seu blog gostei do que li e vi. E desejo deixar um convite, tenho um blog com o nome de Peregrino e Servo. Meu nome é Antonio Batalha sou portugues. Se desejar fazer parte, eu ficaria radiante em que fizesse parte dos meus amigos virtuais, isto é, não quero que se sinta coagido a faze-lo mas apenas se deseja. Se achar que não merece a pena fico-lhe grato na mesma. Decerto irei retribuir seguindo o seu blog também. Um obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga Regina, uma bela descrição do teu amanhecer, e por mais bonito que seja, a presença de uma criança alegre nos contagia...paisagens sempre continuarão no mesmo lugar, mesmas nuvens, pássaros...e se ocorrer mudanças, estas serão poucas. Um grande beijo, Suzana.

    ResponderExcluir
  5. Reggina: linda a tua descrisçao do teu lindo amanhecer adorei.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  6. Lindo, Lindo Regina!
    Muita inspiração, até pensei que eu estava na varanda!
    ehehehe
    **********************************
    forte abraços e bjos.!

    ResponderExcluir

Obrigada por ter vindo. Deixe seu comentário. Bj carinhoso